sábado, 19 de janeiro de 2019

James Caviezel -mensagem. Liberdade verdadeira. Ideais. Valor da vida (3 parte)


A batalha pela liberdade

O Papa João Paulo II disse: "A democracia não pode ser sustentada sem um engajamento comum em certas verdades morais, sobre a pessoa humana e sobre a comunidade humana".
A questão básica que se coloca diante de uma sociedade democrática é: “Como vamos viver juntos?”. Buscando a resposta a essa pergunta, será que a sociedade pode excluir a verdade moral e raciocínio moral? Cada geração da América tem de saber que, a liberdade não consiste em fazer o que se quer, mas em fazer as coisas certas. Essa é a liberdade que desejo a vocês. A liberdade do pecado, liberdade da fraqueza, liberdade da escravidão que causa o pecado. Esta é a liberdade pela qual se pode morrer. 
Isso me lembra o que disse Mel Gibson, em seu premiado filme Braveheart (Coração valente). Ele o disse isso ao seu exército, e eu, estou lhes dizendo isto hoje: “Vejo aqui, diante de mim, todo um exército de meus compatriotas, que se opõem à tirania”. Vocês vieram aqui para lutar, como homens livres. Homens livres, que vocês são. O que você faria com a liberdade? Você lutaria? Eles dizem: “Não. Fugiremos e vamos viver”.
Estás lutando, podes morrer. Escaparás, viverás. Pelo menos, por algum tempo. Morrendo nas suas camas muitos anos depois. Vocês dariam muito para, depois, ter uma chance, apenas uma chance de voltar aqui e dizer aos nossos inimigos, que podem tirar nossas vidas, mas não podem tirar a nossa liberdade
Cada ser humano vai morrer! Mas, não cada um vive de verdade. Você! Você! Você! Todos nós, devemos lutar por essa liberdade verdadeira! E devemos viver, meus queridos, devemos viver com Deus! Com o Espírito Santo, como nosso escudo; com Cristo, como nossa espada. Juntem-se a São Miguel Arcanjo e todos os Anjos, e enviemos de volta, o Lúcifer e seus aduladores, direto para o inferno, onde é o lugar deles.
Saul significa “maravilhoso”. O que significa Paulo? “O Pequeno”. Portando, se queremos ser grandes aos olhos de Deus, então, quais deveríamos ser? Quais deveríamos ser??? “Pequenos!”.
Que Deus os ame e os guie durante todos os dias da vossa vida! Não posso ver vocês daqui, mas, desde já, ansiosamente espero a hora, quando os verei no Céu.
Amo vocês! Deus vos abençoe!

Obs.
* Subtítulos e destaques no textos, intervenções minhas


James Caviezel. Cristianismo falso. Indiferença hoje


O ator James Caviezel é conhecido mundialmente por interpretar a Jesus Cristo, no filme “A Paixão de Cristo”, dirigido por Mel Gibson. Nos últimos meses do ano passado, circulava, pelas redes de comunicações sociais, o seu emocionante e edificante testemunho-mensagem. Durante a divulgação de seu mais novo filme (sobre São Paulo), Jim falou para milhares de pessoas, na maioria estudantes, na cidade de Chicago, em USA. Impressiona a sua convicção e, ao mesmo tempo um ardente desejo de querer transmitir aquilo que descobriu e, o que é o mais importante na vida. Para nós crentes católicos, é sumamente válido o seu alerta perante o perigo dum falso cristianismo e apelo urgente, de expressar publicamente e autenticamente a sua fé. Leia agora a 2ª Parte:

Não é a hora de desistir.

Será que a tua vida seja uma coincidência? Será que uma chance para você? Ou, talvez, alguns de vocês agora estão infelizes, perdidos, inseguros com relação ao futuro, feridos... Esta não é a hora de desistir ou recuar
Quando eu estava pendurado na cruz, aprendi que, no Seu sofrimento estava a nossa redenção. Lembrem-se de que o servo não é maior que o seu Senhor. Cada um tem de carregar a sua própria cruz. Há um preço pela nossa fé, pela nossa liberdade. Fui literalmente atingido por um chicote, fui crucificado. Fui atingido por um raio. Sim, fiz uma cirurgia de coração aberto, o que aconteceu depois de cinco meses e meio de hipotermia. 
Um dia, durante as filmagens das fotos, o meu braço ficou preso sob uma trava de madeira, quando alguém a puxou em direção oposta. Meus músculos arrebentaram. Meu ombro se separou. Caí no chão, com o rosto em areia. Este momento foi capturado no filme. Na parte posterior do filme, Jesus experimenta a separação do ombro. Agora eu sei que sensação é essa. Ela me acompanhava todos os dias. Foi como uma penitência. Ficou presa no meu ombro, rasgando o meu corpo a cada hora que passava. Tornava-se cada vez mais pesada. Se isso fosse filmado no estúdio, vocês nunca poderiam ver tal realismo. Esse sofrimento causou o meu realismo. O mesmo acontece em nossas vidas.
Alguns de nós, vocês os conhecem, adotaram um falso cristianismo, onde tudo se apoia, apenas, em conversas risonhas. Eu chamo isto de "feliz Jesus e glória". Queridos, ali havia muita dor e sofrimento antes da Ressurreição. O vosso caminho não será diferente. Então, abracem a sua cruz e sigam seu objetivo. Eu quero que vocês vão a esse mundo pagão. Quero que tenham a coragem de ir a este mundo pagão e, sem retraimento, expressar sua fé em público.
O mundo precisa de guerreiros...
O mundo precisa de guerreiros destemidos. Entusiasmados pela sua fé. Guerreiros, como São Paulo e Lucas. Os que arriscarão o seu nome e sua reputação, para levar fé e amor de Jesus, ao mundo inteiro.
Deus chama a cada um de nós, para realizar grandes obras. Mas, quantas vezes O desapontamos, rejeitando como um pensamento passageiro. Chegou a hora para nossa geração, de aceitar esse chamado. O chamado de Deus que apela, para nos entregarmos inteiramente a Ele. Para avistarmos esta mão delicada que nos guia pelo nosso caminho. 
Primeiramente, porém, devem se comprometer a assumir a oração, o estudo e a meditação das Sagradas Escrituras e, levar a sério os santos sacramentos. A nossa cultura está agora em declínio. Somos seres humanos em perigo de entregar-se aos nossos excessos. O nosso mundo inteiro está imerso em pecado. E lá, no silêncio de nossos corações, Deus está nos clamando. Para cada um de nós, que nos entreguemos inteiramente a Ele. E quantas vezes nós O ignoramos. Ignoramos esse doce apelo. O Grande Santo de Auschwitz, Maximiliano Kolbe, disse que, a indiferença é o maior pecado do século XX.
Irmãos e irmãs, este é, também, o maior pecado do século XXI. Temos de interromper essa indiferença. Esta destrutiva tolerância do mal. Somente a nossa fé na sabedoria de Cristo pode nos salvar. Mas, para isso, são necessários os guerreiros! Prontos para arriscar a sua reputação, o seu nome e, até mesmo, suas próprias vidas, para se colocar do lado da verdade. 
Desagregai-vos desta geração corrompida! Sejam santos. Não fostes criados para se conformarem. Vocês nasceram para se distinguir. 
Em nosso país, somos felizes somente quando fazemos o que os outros fazem... Agora, todos nós temos uma escolha igual, independentemente das consequências. Será que realmente você acha que temos a verdadeira liberdade?  (Continuará)
Obs.
* Subtítulos e destaques no textos, intervenções minhas

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Testemunho James Caviezel. Deus chama. Ateu.


Mensagem e testemunho de James Caviezel
O ator James Caviezel é conhecido mundialmente por interpretar a Jesus Cristo, no filme “A Paixão de Cristo”, dirigido por Mel Gibson. No ano passado, circulava, pelas redes de comunicações sociais, o seu emocionante e edificante testemunho-mensagem. Durante a divulgação de seu mais novo filme (sobre São Paulo), Jim falou para milhares de pessoas, na maioria estudantes, na cidade de Chicago, em USA. Impressiona a sua convicção e, ao mesmo tempo um ardente desejo de querer transmitir aquilo que descobriu e, o que é o mais importante na vida. Para nós crentes católicos, é sumamente válido o seu alerta perante o perigo dum falso cristianismo e apelo urgente, de expressar publicamente e autenticamente a sua fé. Leia esta mensagem na íntegra:

Deus fala...

“O nome Saul significa ilustre, o nome Paulo significa pequeno. Durante as filmagens deste filme (se refere ao filme “Paulo, o apóstolo de Cristo”), aprendi que, mudando uma minúscula letra, podemos nos tornar grandes aos olhos de Deus. No entanto, isto exige de que sejamos pequenos, se quisermos ser grandes. Porém, este é o caminho dos santos. Este é o caminho da santidade. E este é o caminho desde o Saulo a São Paulo. Os chamados chegam quando não os esperamos. Muito bem me lembro do meu próprio. Tive essa experiência quando estava no cinema, aos meus 19 anos de idade, na minha cidade natal de Mount Vernon, no estado de Washington.
O filme acabou, e eu estava sentado no escuro. Conhecia apenas o basquete. Mas, comecei a sentir em meu coração um desejo, de talvez, eu me tornar um ator. Estava me perguntando se é isso mesmos, que Deus preparou para mim. Se é isso mesmos que Ele espera de mim. Sim. Entrou a minha razão. Eu não tinha nenhuma ideia sobre o que é ser um ator, sobre os agentes, gerentes. Porém, tive uma profunda convicção de ser chamado.
Na primavera de 2000, foi-me oferecido o papel de Edmundo Dantes, no filme “O Conde de Monte Cristo”. Uma nova adaptação do clássico de Alexandre Dumas. Foi um período muito estressante. Pela primeira vez, eu sozinho, tive que carregar o peso do filme e, aquilo quem eu era e o que pretendia alcançar. Não tive a paz. Tudo naquele filme, foi uma luta. O meu personagem - Edmund Dantes, injustamente aprisionado, tanto no livro quanto no filme, escreve na parede “Deus me dará a justiça”.

Contra todas as contrariedades, esse homem solitário, tenta se libertar e se opor ao mal. Até mesmo, ao mal dentro si mesmo. Tem ali, uma bela cena com Edmundo e um companheiro de prisão, um padre, interpretado pelo grande Richard Harris. Na hora em que se lastimava, na hora do grande desespero, o padre agonizando, ao cair no chão, se volta ao Edmundo e diz a sua última lição: “Não cometa o crime pelo qual você agora cumpre a sentença”. Lembre-se que Deus disse: “A vingança será a minha”. Olhei para ele e disse: “Eu não acredito em Deus”, ele me respondeu: “Não importa, Edmundo, Ele acredita em você”. E é mesmo. Deus ama a cada um de nós individualmente e está conosco, mesmo nos momentos mais sombrios do nosso desespero. Depois de terminar as fotos do Monte Cristo, inesperadamente, recebi um telefonema de Mel Gibson.
Meu telefonou o agente, não telefonou o meu gerente. Eu não conhecia o Mel Gibson, não tentei ser um intérprete; enfim, ninguém adivinhava seus planos. Gibson queria que eu interpretasse Jesus Cristo. Encontrou um homem com as iniciais de J.C. e, que tem exatamente 33 anos, para interpretar Jesus Cristo. Coincidência? Não acho.
(Continuará)
Obs.
* Tradução livre (https://naszdziennik.pl/mysl/204565,czas-wojownikow.html)
* Subtítulos e destaques no textos, intervenções minhas

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Vida interior - normas. Despojamento. Menagens de Cristo. Lenczewska


UMA PARTE 
DAS EXORTAÇÕES DE CRISTO JESUS 
REGISTRADAS PELA MÍSTICA, ALICJA LENCZEWSKA,
EM SEU DIÁRIO ESPIRITUAL "TESTEMUNHO" (2 parte)

A continuação...
A maior fraqueza de cada ser humano é o orgulho e o amor-próprio; é por isso que tanto doem no momento em que os toco e os removo da tua alma. Curarei a tua dor. Abra, com amor, a tua alma diante de Mim e queira entregar tudo o que há nela. Os Meus toques, então, se tornarão a paz e alegria, e a tua alma será pura se unirá a Mim.
Evite de ser negligente, de admitir os pensamentos e emoções hostis, que Satanás inspira, e tu, em vez de entrega-los a Mim imediatamente e pedir a Minha ajuda, guardas os em teu coração e te entregas a eles. O teu coração deveria ser como um vidro, através do qual tudo é visto e nada escondido. Tudo o que vem do mundo, deverias entregar a Mim, e tudo o que recebes de Mim, transmitir ao mundo – aos homens, para a cura deles. Todas as negligências destroem a transparência. Cuide, portanto e, zela constantemente pela pureza do coração. Peça a Minha ajuda, para que o vidro do teu coração Eu transforme num cristal, que refletirá a luz do Meu Amor e transmitirá os Seus raios para todos.
Agarre-se a Mim com o seu coração. Quando for difícil, pense no que eu fiz de bom, em geral e em tua vida. Nos momentos mais difíceis, ore com as palavras – em voz alta. Em tua consciência, deve haver um constante sentimento da Minha presença contigo e em te. Fale Comigo e olhe para Mim em cada momento da tua vida, o que quer que faças e onde quer que estejas. Vai Me entregando tudo e, vai fazendo tudo por Mim. Faça de tudo, para que a tua vida cotidiana seja a Minha glória. Não pense em si mesma, mas em Mim. Daí então, Eu pensarei em te e cuidarei de tudo. Também, do esplendor dos nossos encontros na oração e nos acontecimentos cotidianos.
Não tenha inveja de pessoas que possuem carismas mais perceptíveis do que o teu. O teu carisma é a mansidão e o sacrifício de amor, pelos errantes e pelo mundo. Não pense que este seja apenas um pequeno sacrifício, já que não fazes, nem experimentas nada de extraordinário. O sacrifício de fidelidade diária, nos detalhes e na monotonia da vida é igualmente grande, ou talvez maior, porque exige uma constante vigilância e renúncia a si mesmo. É difícil, porque invisível. Fique quieta e amável em Nazaré do Meu Coração, mesmo quando chegarem momentos difíceis.
Aprenda a permanecer, não desejando nada, não esperando nada. Vá livrando-se da atenção voltada a si mesma. Me entregue tudo. Torne-se completamente privada de tudo - na nudez de sua alma, além dos seus sentimentos e pensamentos. Tu não tens nada. Tens somente a Mim, que sou a tua vida e tua esperança. A alegria e a paz reinem em tua alma, pois Deus está contigo e em te; Deus da paz e do silêncio. Saibas o quanto se pode dizer através do silêncio? Ele é mais rico que quaisquer palavras.
Não fique triste. A tua solidão se refere somente ao mundo. Não estás sozinha. Eu estou contigo. E tens muitos amigos no céu. Eles te acompanham, cuidam de te e oram por te. Não importa que não os vês. A sua presença e sua ajuda são mais reais do que aquilo, que tens experimentado no mundo. Tu não pertences mais a este mundo e, ele nada te pode oferecer. A tua casa e tua pátria estão em Mim. Aqui, a tua alma e o teu coração deveriam ficar constantemente e, daqui haurir as forças. 
O mundo sobrenatural não está em algum lugar distante. Vocês se movem nele, geralmente, inconscientemente ...”

Vida espiritual – regras. Verdade. Confiança. Mística Alice Lenczewska

UMA PARTE 
DAS EXORTAÇÕES DE JESUS 
REGISTRADAS PELA MÍSTICA, ALICJA LENCZEWSKA,
EM SEU DIÁRIO ESPIRITUAL "TESTEMUNHO"


“A maioria das pessoas não Me ouve, nem Me vê. Estão absorvidas com as formalidades, consigo mesmas e com suas ações, com suas orações, com sua pecaminosidade, e até mesmo, com a vida de outras pessoas. Enquanto isso, Eu estou entre elas despercebido, negligenciado, às vezes, insultado e, constantemente solitário. De fato, há poucos corações em que posso descansar cercado de amor e ternura. Em verdade, poucos.
Digo isso para você, porque quero encontrar em teu coração, o que está Me faltando nos outros. Não chores, por tantas vezes, Eu, ter experimentado em ti a dor, em vez de alívio.

O que passou, não importa. Enfim, Eu te purifiquei e curei o teu coração. Ensinei-te a amar para seres uma guarida para Mim, quando os outros me expulsam. Estou te dizendo isso, para te lembrares e nutrires sempre o Amor que compartilho contigo. O amor requer uma constante atenção e mobilização de forças. Não podes relaxar, porque começará a se subtrair, e então, será necessário reacendê-lo novamente. A perseverança e estabilidade são necessárias.

Insistentemente queres possuir a relevância em seus próprios olhos. E é difícil de te conformares com a consciência de que és apenas um nada. Mas, esta é a verdade. Toda a bondade e todas as qualidades que existem em te, vêm de Mim. Não se devas apegar a elas demasiadamente, porque então, poderei retirar os Meus dons, para experimentares, quem és sem eles. Portanto, suporta-te a ti mesma, em humildade e confiança no Meu Poder e no Meu Amor, que te elevam à dignidade de filha de Deus e de Minha noiva.

Não a perfeição que é o mais importante, mas o amor. A tua perfeição depende de Mim, mas, o amor é o teu verdadeiro presente para Mim. Só ele podes Me dar e, a si mesma - do jeito que és realmente: miserável, fraca e pecadora - sem quaisquer positivas concepções sobre si e, sem aversão a si mesma. Se, desta forma te criei, então, isto tem o seu propósito e significado. Confie e tenha bastante amor e humildade, para vir a Mim com tudo que és.
Peça ardentemente para te conheceres a ti mesma. Somente os humildes podem ver suas próprias fraquezas e compreender que, realmente, são um nada. O teu somente é o pecado e a fraqueza. Tudo o que há de bom em te, é o Meu dom. Ao notares as qualidades em te, agradeça a Mim, porque Eu os depositei em te. Administra-as com humildade, pois, para isto as recebestes. 

O seu desconforto de hoje deve te servir para reconheceres a sua fragilidade, impotência e desamparo, até mesmo, com relação ao seu próprio corpo e, para compreenderes a sua total dependência de Mim. 
Apega-se a Mim, não tenhas medo de ataques dos maus pensamentos; quando vierem entrega-os a Mim. Refugia-te em Meus braços e confie no Meu amor. Quero te fortalecer e purificar. Venho expondo as tuas fraquezas para que as renuncies, e para que Eu te possa libertar delas... (Continuará)

sábado, 12 de janeiro de 2019

Oração. União com Deus. Diários de Alice L.


Qual oração, tal vida
Jesus disse a Alice:

"Tudo é o fruto da oração. Qual oração, tal vida. (...) Tudo o que fizeres, com o seu coração, com a sua mente ou com as mãos - para haver um sentido e valor – tem de começar com a oração, terminar com a oração, e continuar com a oração.

A oração é a união comigo. Sem Mim nada podes fazer - nada que contenha um valor positivo.
Muitos perecem, o mundo está mergulhado nas trevas, porque não há oração, falta unidade comigo". (...)



Igreja morre e ressuscitará. Vitória com a Virgem Maria. Diários de Alice L.

A Igreja tem de morrer para...

Jesus falou a Alice aos 8/06/2002:

A Maria é aquela, através de quem está vindo o renascimento da Minha Igreja
para que comece a brilhar com o pleno esplendor da Santidade Divina. O tempo presente exige dos filhos da Verdade heroica: a fé, a esperança e o amor. É preciso distinguir os sinais dos tempos, à luz da oração e da Palavra de Deus, realizar as exortações da Minha Mãe, do Meu servo amado, João Paulo II e, orar e fazer a penitência pela salvação dos Meus filhos perdidos”.

Aos 15/02/2000:
"Os cristãos e a Igreja devem ser crucificados, para se efetivar o Meu Sacrífico chegar a ressurreição da humanidade, no Espírito Santo. Morrerei novamente em Meu povo, para que o Espírito Santo renove a humanidade. É a hora do sacrifício da Igreja. A hora do sacrifício dos cristãos. A hora do Sacrifício da Cruz, do Meu Corpo, que é a Igreja. Por isso, é necessário o testemunho de fé, a oração e a mortificação, para salvar a humanidade da perdição em satanás. A Igreja tem de morrer, para renascer novamente, através da ressurreição, no pleno poder de Deus e, brilhar com a luz do Espírito Santo”. [...]

Aos  29/04/2006:
"A escalação do mal deve ser cumprida. Assim, como foi cumprida em Mim, há dois mil anos atrás, assim agora, está atingindo a sua plenitude, na Minha Igreja e nos muitos dos Meus filhos fiéis. Depois, haverá um milagre da ressurreição da fé e do amor, quando Eu entrar com o poder, para pôr o fim ao reinado de Satanás e de seus servos".





A Igreja no mundo. Anti-Igreja do Satanás. Coração de Maria... Diários de Alice L.


O Imaculado Coração de Maria prevalecerá 
(A vitória virá através de Maria. Igreja Santa e pecadora)

"O Coração Imaculado da Minha Mãe vencerá. Ela é a mãe da Igreja, que é sempre santa, independentemente dos pecados e da traição de muitos filhos da Igreja. A santidade da Igreja sou Eu, Meus apóstolos e servos consagrados a Mim, que no sacrifício do martírio são o alicerce, o muro, e a abóbada do Meu templo. Nele estou vivo e real. Nele, através de Meus servos, alimento Meus filhos, restauro a vida e conduzo à Casa do Pai.

A Minha Igreja sofre, como Eu sofri. Está machucada e sangrando, como eu fui ferido, e como marquei, com o Meu Sangue, o caminho para o Gólgota. A Igreja está sendo escarrada e profanada, como o Meu corpo foi despojado o e abusado. Ela cambaleia e cai, como Eu, sob o peso da Cruz, porque, também Ela, carrega a Cruz dos Meus filhos, durante anos e séculos.
Mas, levanta-se, e vai na direção da Ressurreição, através do Gólgota e da Crucificação de tantos santos. No entanto, as portas do inferno não a vencerão, pois, a sabedoria e o poder do Espírito de Deus a guiam, através do coração e da mente de Meu vigário na terra e de seus fiéis cooperadores.

Está chegado a aurora e a primavera da Santa Igreja, embora haja uma anti-Igreja e seu fundador, o Anticristo. Embora existam os profetas e sacerdotes de Lúcifer e, também, o disciplinado exército da maçonaria, juntamente com muitos elos e organizações a seus serviços. Embora haja um sinédrio mundial, que dirige a Igreja de Satanás na terra. Embora conseguissem subjugar os governos e as riquezas, e pensam que envenenaram tudo e que estão conduzindo o mundo à destruição. 

O Anticristo não é Deus, ele nada pode criar, ele só quer destruir o que Deus criou. Macaqueando a Deus, ele machuca, fere, deforma, envenena enxertando o medo, a dor e a morte.

A anti-Igreja é o reverso da Igreja verdadeira em suas estruturas, seu objetivo e ação. No lugar da Vida é a morte, no lugar da Verdade é a mentira, no lugar de Amor é o ódio, no lugar do Perdão a vingança, o lugar da Liberdade a escravidão, no lugar da Humildade o orgulho, no lugar da Misericórdia a crueldade. 
E assim, pode-se enumerar todos os bens espirituais contidos no Evangelho e reconhecer os seus opostos, que constituem o ensino e as ações daqueles que lutam contra a Minha Igreja, com os Meus amados e sofridos filhos. 

O caminho da salvação se realiza através da purificação do diabólico veneno do pecado original do mundo e, de cada filho desta terra.

Haverá uma purificação que revelará, na luz da Verdade Divina, as mentiras dos filhos das trevas e, todo ser humano, segundo a própria vontade, diante desta Verdade, terá de escolher o Reino de Meu Pai ou, a entrega ao pai da mentira, para a eternidade.
O mundo será libertado da rede de arranha, da Grande Prostituta, da Igreja do Anticristo e, daqueles, dentre de Meus filhos, que lhe serviram.
                                                                                                                            (Continuará...)


A Igreja e mundo. Sentido da vida. Diários de Alice L. III


"A Igreja, em dores vai entregar o que pegou do mundo..."

Onde estou eu, neste contexto de luta com Deus e com a Igreja?

"O objetivo da tua vida e teu chamado é amar a Mim e a cada pessoa – qualquer filho Meu gerado por Amor e para Amor. A Minha maior dor é, que Meus filhos Me abandonaram. Estou sozinho e abandonado, assim como foi na Cruz do Gólgota. Aquela situação e aquele cenário continuam e se intensificam, de dia para dia. Há uma multidão indiferente, há curiosos e ansiosos de ver o sangue, há inimigos se regozijando em seu ódio vitorioso. Há muitos deles.

E ao Meu lado, somente a Minha Mãe, as Suas irmãs, um jovem que me ama sinceramente e um pecador convertido, clamando por misericórdia na hora da morte. Onde está você? Com quem você se identifica neste Gólgota atual, que é o mundo e os que querem Me matar, para se proclamar deuses?
O desejo do poder é uma qualidade satânica. Agora, o Satanás, abertamente luta comigo, no meu povo e nos meus apóstolos, através dos seus servos. E prepara um novo Gólgota para a Minha Igreja.

No Gólgota, morreu o que provinha do mundo. Nas dores agonizava e morreu o Meu corpo terreno. Eu não morri. Ressuscitei e Me revesti dum Corpo recebido do céu - do Meu Pai. Assim, também, a minha Igreja, em dores vai entregar o que pegou do mundo. E vai parecer que morreu. O Satanás e seus servos se regozijarão – assim como, naquele tempo, se alegraram em Jerusalém. 
No entanto, o tempo da sua aparente vitória será breve, porque virá a madrugada da Ressurreição da Santa Igreja, imortal, que gera vida nova na terra - a santidade dos Meus filhos” (11/11/2000).

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Jesus avisa... Estratégia de Satanás Diários de Lenczewska. II.


A estratégia dos servos de Satanás (Continuação)

As ações satânicas abrangem:

1. A cultura, habilidades (música, arte, literatura), moda, interesses pessoais, estilo de vida, hierarquia dos valores (culto da matéria).

2. A religião. Em seu lugar se implanta as religiões pagãs, com finalidade de adoração de Satanás e, indiretamente, as seitas, superstições, o ocultismo, a magia, etc., o satanismo, como culto de, assim titulado, “bom deus”, o Lúcifer.
3. As relações sociais. O controle e a dominação das pessoas, o globalismo, a manipulação do consciente, a miséria geral, as elites no poder e riqueza, a pilhagem. A deificação do homem – as suas possibilidades, arbitragem sobre a vida (criando e matando), sobre o bem e o mal. Mas, também, a desumanização do ser humano, pelo despojamento da dignidade de filho de Deus, pela humilhação, degradação, glorificação de animais, manipulações e sadismo.

O objetivo destas ações é assim chamado, um novo mundo - nova era - construído segundo as normas, que são o reverso da lei natural e da Lei de Deus, regido pelo governo global - totalitário, baseado nas possibilidades da tecnologia moderna. Assim chamada nova ordem, está sendo criada pela Igreja de Satanás.

Os efeitos são visíveis, mesmo para as pessoas que não se esforçam para pensar, e ainda, está sendo realizado um sistemático processo de redução da sensibilidade humana, a indiferença e aprofundando da sensação de impotência, para acostumar as pessoas com a perversão, com o mal, crueldade e considerar tudo isso, como normalidade ou, até mesmo, como sinais do progresso da civilização. 

Aquilo ai, é um processo de total imbecilidade das pessoas e condução para as garras de Satanás, até mesmo, fazendo para irem lá, voluntariamente. Vocês, Meus filhos fiéis, sois chamados para, juntamente comigo e com  Maria, através da vossa consagração e entrega heroica, vencer e participar da renovação da face da terra e do Meu triunfo nas almas dos homens” (23/05/2002).



Jesus avisa... Estratégia de Satanás. Diários de Lenczewska.


A estratégia dos servos de Satanás

“A finalidade de ação dos servos de Satanás no mundo é a sedução do maior número possível de almas para lança-las nos abismos do Maligno. Suas ações abrangem todas as áreas da vida humana, desde o nascimento até os últimos momentos neste mundo. Visam tudo o que Deus criou, para destruir, deformar e lançar aos pés do Lúcifer, ávido de poder e vingança de Deus e de Suas criaturas.

Portanto, é preciso revelar aos Meus filhos escolhidos, os principais aspectos e manifestações da ação do Maligno.

São Paulo escreveu que, a principal luta, desde a criação do mundo, se dá no nível dos elementos espirituais. A ação externa do mal serve para conquistar as almas humanas, que receberam a vida eterna e estão designadas para viver em Deus. A vida na terra é uma preparação para a vida eterna e, ao mesmo tempo, uma escolha livre da qualidade dessa vida, em união com Deus ou com Satanás.

Eu me sirvo do Amor e da Verdade, porque eu o sou, e conduzo à unidade. O Meu inimigo serve-se de ódio e de mentira, que constituem a essência do seu ser, e leva à desunião. É preciso, portanto, vestir toda a armadura espiritual, da qual fala São Paulo (Ef 6,10-18), e rejeitar tudo, o que tem, até mesmo, a aparência do mal.

(Continuará)



Jesus avisa... Julgamento. Diários de Lenczewska. Oração e penitênia


Palavras de Cristo Jesus 
dos DIÁRIOS ESPIRITUAIS - ALICE LENCZEWSKA

Jesus disse: “Minha filha, diga aos meus filhos que os ataques do mal estão aumentando mais e mais, e ninguém nesta terra é tão protegido, que não tenha de empregar todas as suas forças para salvar-se do poder destrutivo do mal”.

Basta de viver nas ilusões

"Chegou o tempo de seleção, o tempo de se colocar na luz da Verdade e a necessidade de se declarar, se estou do lado de Deus ou de Satanás. Quanto mais elevada e sublime é a vocação que alguém recebeu de Mim, tanto mais esforço é necessário para a escolha entre o que o mundo oferece - e nele Satanás – e o que é de acordo com a Minha vontade, revelada no Evangelho.

Não se pode, estar conscientemente ao Meu lado, declarando fidelidade a Mim, e ao mesmo tempo, concedendo quaisquer consentimento ao pecado, que sempre tem suas raízes em Satanás. 
Igualmente, trata-se do consentimento à fragilidade da natureza e às tentações do mundo. 
E porque a tormenta do mal se derrama pelo mundo - a salvação se encontra somente na oração, penitência e atos de misericórdia para com os irmãos, que estão igualmente em perigo de suas almas.

Para não ser enganado por Satanás, é preciso permanecer em estado de graça, em oração e incessante invocação do Meu Nome, conservando-se na Igreja, vivendo a plenitude dos Meus dons ali recebidos.
Não se deve ter medo, mas é preciso agarrar-se, com todas as forças, às Minhas Chagas e suplicar a Minha Misericórdia, nesta hora do julgamento do mundo, que está acontecendo e que avança para o julgamento final

Esse julgamento ocorre no coração de cada ser humano e, cada qual julga a si mesmo, através das suas decisões, a cada momento e, por suas atitudes em relação aos irmãos.
As coisas pequenas, as atitudes aparentemente insignificantes, levam cada vez mais para um dos lados: para Deus ou para Satanás, que, como uma aranha, captura e entrelaça a sua presa, cada vez mais apertando os fios de ilusão e cegueira, aqueles que não são fiéis a Mim na sua vida cotidiana”. (03/041994, Páscoa).



quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Cristo espera por... - Mensagens místicas - Alicja


Algumas anotações de mensagens de Cristo, dos Diários de Alice - continuação.

Obs.: Conforme o desejo de Cristo Jesus, as mensagens transmitidas através destes diálogos com Alice, são destinadas a todos os seres humanos, antes de tudo, aos cristãos
- continuação


Com relação a Eucaristia, a máxima expressão do Amor Divino, Jesus falou assim: “A Eucaristia inteira é uma ação de graças. Eu a institui, também, para poderdes agradecer. Para que participando dela, puderdes expandir em vós a habilidade de agradecimento. Toda a vossa vida deveria ser imbuída de gratidão e retribuição. É nesse espírito, que se devem dirigir a Mim e falar comigo. Tudo o que vocês têm e quem vocês são, é o Meu presente de Amor. Completamente tudo. E apesar de vossas rebeldias e ingratidões, continuo vos amando, aguardo a vossa conversão e ofereço constante Sacrifício de Mim mesmo, para salvá-los. Este Sacrifício é eterno, porque permanece e acontece sem cessar. É um Sacrifício intemporal e atemporal. É n´Ele que vocês vivem, a Ele que respiram. Ele vos salva em todos os momentos de vossas vidas. Procurem conhecer a Verdade sobre Mim, desejem-na. Com esse conhecimento, crescerá em vós a gratidão. A ingratidão é, muitas vezes, fruto da ignorância.
Se conhecêsseis, ao menos uma pequena parte da Verdade e saberíeis adentrar nela, cada um de vocês choraria, por causa da sua própria ingratidão. Durante a Santa Missa, Eu Me ofereço em Sacrifício por vós e, ao mesmo tempo, chego a vocês como primeiro, para que Me queiram convidar para a vossa vida. Em vossas almas, ofereço o Sacrifício por vocês, quando recebem a Sagrada Comunhão. Ofereço o Sacrifício de Mim mesmo, dentro da alma de cada um, que vier a Mim e receber o Meu Corpo. Qual deveria ser a vossa resposta?
Agradecer e se entregar a Mim. Eu vos entreguei tudo e, o mesmo espero de vocês. Este é o valor da Comunhão: um encontro, para nos entregarmos um ao outro: Eu e você.
Este, também, é um modelo de encontros entre vocês, seres humanos. Oferecer-se reciprocamente e aceitar-se mutuamente no amor, na gratidão e no perdão. Assim, como Eu vos aceito, no Amor e no perdão. A Sagrada Comunhão é um modelo de relação com outras pessoas e, ao mesmo tempo, um dom de Amor, que só pode ser retribuído pela gratidão e amor. É a Aliança de Amor”.
Em mais uma ocasião, Jesus disse: “Eu vos amei antes da criação e lhes dei a vida por Amor. O amor é fértil: deseja dar e fazer o outro feliz. Gostaria de partilhar o Meu amor - dar e receber. Receber do desejo do coração, voluntária e desinteressadamente. Tal amor pode Me oferecer apenas um ser humano...
Eu fico oculto para não vos coagir com a magnanimidade do Meu dom. Quero para vocês a felicidade, que nenhum ser humano pode imaginar nem pressentir...
Conhecer e tocar em Mim, só é possível para quem tem um coração amável e confiante - um coração de criança. Quanto maior é a fé e o amor, tanto mais firme é o conhecimento mais profundo e a comunhão comigo. Tomem cuidado para não Me receber em Sagrada Comunhão distraidamente e indiferentemente. Este é um grande pecado e uma profanação do Meu Amor e do Meu Dom, gerado no Sangue do Gólgota.
Minha filha, o quanto devo Me ocultar para não queimar tua alma com o fogo do Meu Amor e não matar teu corpo com a força da minha ternura Paternal. Te amo tanto e desejo ser amado”. (3/04/2002).

Fonte: https://milujciesie.org.pl/radosc-rozsadzajaca-serce.html